Novo empreendimento em Lisboa vende 45% para brasileiros
Viver em Portugal tem sido escolha cada vez mais constante entre os brasileiros que desejam sair do país. Atualmente, são 85 mil morando no país mais ocidental da Europa, e um condomínio parece ser destino favorito – o Belas Clube de Campo, liderado pelos cariocas André e Gilberto Jordan nos arredores de Lisboa. A nova fase do empreendimento, o Lisbon Green Valley, completou um ano registrando 45% das vendas para brasileiros, superando os próprios portugueses.

A totalidade das primeiras unidades do empreendimento, que inclui um prédio com 16 apartamentos e seis townhouses foi vendida em tempo recorde pelo André Jordan Group, gerando um volume total de investimentos de € 98 milhões nos últimos três anos (cerca de R$ 450 milhões).

O empreendimento se afirma como destino não só brasileiro, mas internacional: 73% das vendas foram realizadas para estrangeiros. Para atrair compradores de outros países, a aposta do Belas, considerado maior condomínio residencial nos arredores de uma capital europeia, é num conjunto de fatores que inclui qualidade de vida, arquitetura e sustentabilidade.

“Sempre acreditamos neste conceito e na excelente receptividade do mercado ao mesmo. É um produto de excelência, não só a nível arquitetônico, mas também da engenharia e paisagismo. Reflexo disso são as inúmeras distinções que temos vindo a receber no último ano e o fato de as townhouses terem sido consideradas como as casas mais sustentáveis de Portugal”, diz Gilberto Jordan, CEO do grupo.

O perfil do cliente são famílias nacionais e estrangeiras, com dois filhos, empresários, profissionais liberais, executivos, bem como famílias que transferem a sua residência para Portugal e que procuram a qualidade de vida e a tranquilidade em plena segurança, sem perder de vista a ligação com a natureza e a proximidade com o Centro da capital lusa.

Com mais de 20 anos de existência, o Belas Clube de Campo tem merecido a confiança crescente de inúmeros investidores e residentes. Só no último ano, as casas neste resort residencial valorizaram mais de 20% face ao ano anterior.

Novos investimentos

Em meio aos excelentes resultados, o grupo avança, até ao final do ano, com a construção comercialização de mais três tipologias de produtos – um lote com 16 apartamentos, 15 townhouses em banda e um conjunto de 8 townhouses geminadas (de 1 a 3 dormitórios), além dos terrenos para construção de moradias unifamiliares já disponíveis. A expectativa é que a nova etapa represente um volume global de vendas de € 45 milhões.

Inseridos no novo Parque Florestal da Serra da Carregueira com mais de 1 mil hectares, e localizado a 15 minutos do centro de Lisboa, o Belas Clube de Campo é atualmente morada para cerca de 800 famílias de 27 nacionalidades e cerca de 2,5 mil residentes – a mais baixa densidade populacional num projeto de alta qualidade.

“O Belas Clube de Campo é uma escolha ‘lifestyle’ de quem faz uma opção pela qualidade, vivência e preservação do patrimônio”, completa Gilberto Jordan.

Fonte: Revista Qual Imóvel

Politica de Privacidade © Copyright - Cunha Vaz Brasil